O que provoca a queda de cabelo?

O que provoca a queda de cabelo

Você acorda de manhã, vai pentear os cabelos e se assusta com a quantidade de fios na escova. Ao tomar banho, tufos saem ao esfregar o couro cabeludo ou mesmo ao secar com a toalha. Calma! Vamos entender melhor o que provoca a queda de cabelo?

Diariamente, perdemos cerca de 50 a 100 fios de cabelos. No entanto, todos serão repostos com o crescimento de novos. E com o envelhecimento, o cabelo se torna mais fino e reduz o volume com o tempo. Mas quando acontece a queda intensa e constante de cabelo, o que pode ser?

Segundo especialistas, os motivos que podem provocar a queda de cabelo são bem diferentes e, em alguns casos, a perda dos fios ocorre até 3 meses depois do fator desencadeante.

O que provoca queda de cabelo?

E essa queda de cabelo exagerada pode ser sinal de problemas de saúde, tais como:

Anemia – uma das causas mais comum é a deficiência de ferro no organismos, também conhecida como anemia ferropriva. Ela provoca queda de cabelos, falta de ar, mal-estar, dor de cabeça, fraqueza e cansaço.

Dermatite seborreica – esta é uma inflamação na pele que causa descamação e vermelhidão em algumas áreas como sobrancelhas, canto do nariz, couro cabeludo e orelhas. Está dermatite é crônica e possui períodos de melhora e piora dos sintomas. Pode ter origem genética ou ter início por agentes externos como alergias, estresse, medicamentos e excesso de oleosidade.

Hiper e hipotireoidismo – são distúrbios na tireoide causados, principalmente, pelas doenças autoimunes, onde os anticorpos do próprio organismo atacam os hormônios tireoidianos.

Estresse – quando estressado, o corpo pensa que está sob ataque e libera hormônios e substâncias química como adrenalina, cortisol e noradrenalina para se preparar para ação de defesa ou de fuga.

E um período prolongado em que o organismo se mantém com aumento na produção dessas substâncias pode provocar a queda de cabelo.

Alopeciaia areata – ela pode apresentar perda de cabelo ou pelos em formato oval no couro cabeludo e em áreas do corpo como sobrancelhas, barbas, cílios. Uma das causas da alopecia areata é o fator genético, representando entre 10% a 42% dos casos.

Pode ser desencadeada, também, por agente imunológico presente no ambiente como micro-organismo que lesam o folículo piloso ou por período prolongado de estresse.

Causas externas que provocam a queda de cabelo

Secador e chapinha – o uso incorreto e frequente destes itens pode causar a quebra dos fios, já que a haste do cabelo fica enfraquecida com o calor excessivo.

Existem alternativas para o secador e a chapinha? Sim.

Cuide da hidratação do seu cabelo, mantenha os fios fortes e saudáveis. Faça um boa escovação e utilize o tradicional método da touca.

Se o seu cabelo é ondulado naturalmente, crie cachos maiores fazendo coques ou tranças com os fios ainda úmidos e soltando após secarem.

Processos químicos capilares – escova progressiva, relaxamento, alisamento.

Como evitar o uso de química nos cabelos?

A química é um dos principais causadores da queda de cabelo. Tente dar um tempo para os fios se recuperarem e assuma o seu estilo natural.

Estimule os cachos e a textura natural dos fios. Se necessário, faça cortes mensais que vão te deixar satisfeita e evitar o uso frequente da química. Hidrate o seu cabelo sempre que possível, o ideal seria duas vezes por semana.

Alimentação – ao fazer alguns tipos de dieta, além de eliminar alguns quilos, é possível que ocorra uma diminuição de vários tipos de nutrientes essenciais ao organismo. E a saúde capilar pode ser afetada por essa falta ou diminuição de minerais como, por exemplo, o ferro.

Como sair dessa?

Opte por dietas saudáveis com carboidratos, proteínas e minerais. Vitaminas são sempre bem-vindas como são os casos dos complexos B e C, zinco e ferro. Não entre em dietas mirabolantes. Se tiver alguma dúvida, fale com o seu nutricionista de confiança.

O que provoca a queda de cabelo

Diferenças da queda de cabelo entre homens e mulheres

A aparência afeta diretamente a autoestima de homens e mulheres. A saúde capilar está ligada a isso. Mesmo com uma mudança de comportamento, as mulheres ainda são maioria quando falamos de cuidados com o cabelo. Consequentemente, elas também são as que apresentem um maior número de queixas nos consultórios de especialistas.

Metabolismo e hormônios em transformação podem levar a queda de cabelo nas mulheres. Essas perdas de fios são temporárias.

Podemos citar, como exemplos, cabelos que caem durante a gravidez, como consequência do uso descontinuo de anticoncepcionais ou no período de menopausa.

Os homens, por sua vez, são acometidos, principalmente, pela alopecia androgenética devido à testosterona que enfraquece o folículo. Isso acontece, em boa parte, por ocorrência genética. Pode surgir na puberdade e se agravar com o passar dos anos.

A alopecia areata, o uso de medicamentos e o estresse emocional podem afetar ambos os sexos igualmente, motivados por fatores ambientais ou genéticos, provocando uma queda acentuada de cabelos.

Mas nada de pânico! Como você viu acima, os fatores que podem provocar a queda de cabelo podem ser passageiros, dependendo da situação em que ocorre.

Se você notar qualquer alteração, vale consultar um médico para melhores avaliações e também para encontrar o tratamento correto.

Explicamos aqui o que provoca a queda de cabelo, ficou com alguma dúvida? Além deste assunto, já mostramos também a lista de alimentos que ajudam a perder peso e qual o melhor colágeno para comprar.

Você pode se interessar também por aprender como cuidar da pele madura, como é feito o cálculo do IMC ou ainda como fortalecer as unhas.

Se achar que este conteúdo que explica o que provoca a queda de cabelo pode ser útil para algum amigo, aproveite para compartilhá-lo agora.

Deixe um comentário

Os comentários devem ser aprovados antes de serem publicados